segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Melancolia

Estes dias assim, em que o céu se põe negro, em que o frio teima em não nos largar o corpo e nada acontece... não ajudam nada. Mas alimento-me da esperança de uma lareira acesa e de um abraço até aos pés dentro de muito pouco tempo.

4 comentários:

Miss Kitty disse...

Eu tenho que me contentar com o aquecedor! :)

BJS*

Anónimo disse...

A dor alimenta a coragem e a vida é como uma pedra de amolar: desgasta-nos ou afia-nos, conforme o metal de que somos feitos.
Temos que estar preparados pra ir à guerra...beijo

Rita disse...

Também queria um abraço de corpo inteiro, daqueles que só a L. sabe dar. Tanta saudade!!!

Anónimo disse...

Sei exactamente o sente, mas aprendi a sentir vontade de sorrir so pela pessoa que sei que sou! A partir dai tudo e muito melhor, e o que nao for nao tem tanto peso na nossa vida!
Um dia muito feliz e um sorriso radioso! Sempre...